“Modelo” europeu: gregos trabalham 400 horas a mais do que alemães em um ano, afirma OCDE

Estatísticas divulgadas pela OCDE mostram que, em 2014, os assalariados gregos trabalharam em média 1733 horas, mais 6 horas que no ano anterior. Mais de 400 horas/ano a mais do que os alemães.

Segundo os números da OCDE, os portugueses, outro país que sofre a “austeridade” imposta pela tróica (FMI, Banco Central Europeu e Comissão Europeia), trabalharam 1719 horas, mais 26 horas do que em 2013.

Já os alemães ficaram só pelas 1302 horas de trabalho em 2014, ainda assim mais 11 horas do que no ano anterior. A diferença entre o assalariado alemão e os dos dois países do Sul da Europa é de mais de 400 horas de trabalho no ano.

Manifestação em Atenas

Manifestação em Atenas

Se contabilizarmos o emprego total, a diferença alarga-se: na Grécia contabilizaram-se 2042 horas/ano, em Portugal 1857 horas/ano e na Alemanha apenas 1371 horas/ano. São menos 486 horas do que em Portugal e menos 671 horas do que na Grécia.

Neste ranking, a Grécia surge como o quarto país com mais horas de trabalho por ano, numa lista encabeçada pelo México, seguindo-se a Costa Rica e a Coreia do Sul. A Alemanha aparece na última posição, abaixo da Holanda. Ou seja, a que menos trabalha.

O relatório da OCDE traça o retrato global do emprego e assinala a grande desigualdade na recuperação do emprego após a crise financeira, considerando que “o desemprego irá permanecer alto até 2016”, depois de atingir a taxa média de 7,1% no conjunto dos países membros da organização no último trimestre de 2014, ou seja, 1,6 pontos acima dos valores antes da crise.

As estatísticas divulgadas pela OCDE (veja aqui, em inglês) servem mais para verificar a tendência da evolução das horas de trabalho num determinado país do que para fazer comparações entre países, avisa a organização. Isso acontece devido às diferentes fontes e métodos para chegar ao resultado final de cada um. E as contas também incluem o trabalho em meio-período.

Compartilhe este artigo com seus amigos.
Share on FacebookEmail this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
,